Home > Colunas > Coluna de Wagner Gonzales > Conversa de Pista: Atire a primeira pedra
  • Coluna de Wagner Gonzales
  • Conversa de Pista: Atire a primeira pedra
  • I-Pace eTrophy é o primeiro campeonato de automobilismo cancelado por causa do Covid-19 CBA lança guia de boas práticas de saúde para a retomada das provas
  • Por Wagner Gonzales

    Não foi exatamente uma surpresa, mas gerou muitos comentários: a Jaguar anunciou publicamente o final do I-Pace eTrophy, decisão que marca o primeiro cancelamento de um campeonato de automobilismo desde o início da atual pandemia de Corona vírus. No comunicado oficial distribuído no Brasil não consta uma razão específica para o fato, mas no Reino Unido foi explicado que uma revisão estratégica decorrente do impacto do Covid-19 é a causa principal da decisão de cancelar a terceira temporada de um torneio disputado com o suve elétrico inglês e que servia como preliminar de algumas etapas do Campeonato Mundial de Fórmula E, a categoria de monopostos elétricos. Pelo lado positivo sobram o fato de a iniciativa ter contribuído para aumentar a autonomia dos carros de série e, para os brasileiros, que o primeiro título do campeonato tenha sido conquistado por Sérgio Jimenez, natural da paulista e pacata cidade de Piedade. Na sexta-feira ele participou de umaconference callna qual foi informado da decisão.

    James Barclay, líder da divisão de competições da Jaguar, declarou que embora algumas metas do programa tenham sido atingidas, a crise provocada pela pandemia do Covid-19 foi um fator importante para interromper o programa de três anos um ano antes do previsto.

    O programa da F-E não foi afetado; nele a marca ocupa o terceiro lugar entre as equipes, atrás da DS Techeetah e da BMW Andretti, e tem um piloto, Mitch Evans, como vice-líder, 11 pontos atrás do líder Antonio Feliz da Costa, que soma 67. Barclay mencionou ainda que a empresa não abandonará o automobilismo:

    “Nos mantemos totalmente comprometidos com o esporte a motor com carros elétricos e o nosso programa da F-E é parte importante de nosso projeto “Destination Zero.”

    Esse programa de mobilidade ampla é voltado à fabricação de automóveis que ofereçam índice zero nos quesitos de poluição, acidentes e congestionamento. Efetivamente, o torneio com o I-Pace contribuiu de alguma forma nessa missão: graças ao desenvolvido decorrente nas competições foi possível aumentar em 20 km a autonomia dos carros vendidos ao público.

    Lançada no Salão de Frankfurt de 2017, a série foi a primeira categoria de automóveis elétricos a partir de um modelo de produção em série, modelo que é disponível no mercado brasileiro. Vinte automóveis foram preparados para representar os países onde a marca atua e participar de competições em provas que aconteceram em etapas selecionadas do calendário da F-E. O número departicipantes desde então raramente passou de 12 carros por corrida e a temporada deste ano começou com a baixa de uma equipe, a norte-americana Rahal-Letterman. Diante de tudo isso ficou difícil manter a programação original de três temporadas.

    Há possibilidades de que algumas etapas das duas categorias sejam realizadas em sistema de rodada dupla em autódromos da Inglaterra e da Alemanha e com os portões fechados ao público

    Julgar a decisão da Jaguar em interromper o programa I-Pace eTrophy não vem ao caso e a própria F-E vê a possibilidade de anunciar o cancelamento da temporada 2019/2020, que até o momento teve apenas cinco etapas realizadas entre 14 previstas. As provas de Nova York (11/7) e Londres (25 e 26/7) já foram canceladas e as previstas para Jakarta (6/6) e Berlin (21/6) já foram adiadas. O calendário do I-Pace eTrophy marca três corridas realizadas na atual temporada, em Ryadh e na Cidade do México. Há possibilidades de que algumas etapas das duas categorias sejam realizadas em sistema de rodada dupla em autódromos da Inglaterra e da Alemanha e com os portões fechados ao público, o que seria inédito: até agora as corridas aconteciam em circuitos de rua e praticamente planos. A única exceção é a etapa disputada no México, que acontece no Autódromo Hermanos

    O último fim de semana não foi exatamente dos mais agradáveis para Sérgio Jimenez, que na sexta-feira foi comunicado do fim próximo da categoria. O piloto paulista declarou que a decisão da Jaguar é compreensível diante do panorama que o mundo vive:

    “Não se pode criticar a decisão tomada em um momento difícil como o que estamos atravessando. Pelo contrário, deve-se elogiar a marca pelo esforço em fazer com a temporada seja disputada de uma forma ou de outra, o que é motivo para que eu trabalhe visando manter meu título. Do ponto de vista comercial entendo perfeitamente o que aconteceu: além de piloto sou empresário e vivo as consequências dessa pandemia: mesmo podendo trabalhar (Jimenez tem uma rede de postos de combustível), fui obrigado a cortar 40% dos meus empregados e estou faturando cerca de 50% do que seria normal.”

    Jimenez tem contrato de patrocínio para duas temporadas e estava iniciando negociações para estender esse apoio para mais uma. Segundo ele, existe a possibilidade de que os I-Pace atuais sejam incluídos em um novo campeonato multimarcas de carros elétricos, torneio que está em fase de estudos para, possivelmente, complementar a programação da F-E. “A Jaguar já provou que o produto é viável e interessante”, explicou o piloto, que este ano disputará a temporada brasileira de Stock Car pela equipe Maxoil.

    CBA apresenta protocolo para a volta das corridas

    A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) divulgou uma cartilha onde descreve sugestões de comportamento e procedimentos para equipes, organizadores, pilotos e promotores para a volta da prática do esporte. A entidade esclarece que a decisão soberana sobre a realização de treinos e competições ainda depende de decisões governamentais. No Paraná esse retorno é praticamente consumado no que se refere a treinos, já em São Paulo o regresso ainda é incerto e não é esperado para terminar nas próximas semanas. Você pode acessar o documento no site www.cba.org.br.

    Publicado em 21/05/2020


    Copyright © 2014 - Autoestrada.com.br - todos os direitos reservados